Banner Topo Grande Teste

“Eu não soube lidar com a fama”, diz Marquinhos Gomes sobre sua carreira
08/07/2018 16:45 em Mundo Cristão

Conhecido por ser a voz de grandes hits da música gospel, o cantor Marquinhos Gomes tem uma jornada marcada por lições que não foram aprendidas diante dos holofotes, mas sim no que ele chama de “quarto secreto”.

Há pouco mais de 15 anos, ele escolheu seguir uma carreira independente, sem contratos com gravadoras, para se desvincular de algumas exigências da indústria fonográfica e caminhar conforme a dependência de Deus.

“Eu tinha e tenho uma fraqueza. Não tenho nada contra as gravadoras ou contra o mercado — eu preferia estar numa gravadora — mas eu não soube lidar com o sucesso. Eu não soube lidar com a fama”, disse o cantor em entrevista durante a 13ª Expoevangélica.

“Houve um momento em minha vida que eu mergulhei demais, fiquei soberbo demais. A arte tem esse poder, ela envaidece você. Você pode cantar, ser ator, tocar violão… A música envaidece”, observa Marquinhos.

Em meio a uma carreira consolidada na música, Marquinhos aprendeu a viver na dependência de Deus quando entendeu qual era a vontade divina para a sua vida: “A partir de agora você vai aprender a fazer sucesso no deserto”.

“Quando Deus me levou para o deserto, para eu aprender a depender Dele, aprendi que as canções no deserto não são ruins. O deserto também é um lugar maravilhoso. O deserto não veio para matar a gente, veio para nos ensinar a viver na dependência de Deus”, destaca o cantor.

Hoje, os momentos mais marcantes de sua vida acontecem em um lugar íntimo, o “Quarto Secreto”, nome que carrega o seu último álbum lançado em 2018. O título é inspirado na passagem bíblica de Mateus 6:6, que diz: “Quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está no secreto. Então seu Pai, que vê no secreto, o recompensará”.

“O quarto tem um poder muito sobrenatural, digo até violento”, explica Marquinhos. “O quarto secreto tem me ensinado a vencer grandes batalhas. Tem me ensinado a ter intimidade com o Senhor, é nesse lugar que Ele se revela para mim”.

O cantor ainda destaca a importância de separar períodos específicos de oração no dia a dia. “Todos os dias eu reservo de uma a duas horas; às vezes até três horas por dia eu oro. Quando a gente sobe naquele altar para ministrar, você vê a presença de Deus e as pessoas enxergam Deus em você”, afirma.

Marquinhos conta que suas canções e projetos nascem no quarto de oração, e que sua família também é regida por esse princípio. “O segredo da nossa casa é a oração. Nós temos em casa o nosso ‘quarto de guerra’ e ali é onde vêm as inspirações de Deus para a nossa vida”, revela.

Fonte: Guia-me

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE