Banner Topo Grande Teste

"Não quero deixar um legado pela fama, mas pelo o que Jesus fez em mim", diz Tim Tebow
27/10/2016 20:48 em Esporte

Conhecido por não ter medo de assumir publicamente sua fé cristã e até mesmo ter pago um preço relativamente alto por isso em diversos momentos de sua carreira, o ex-astro da Liga Nacional de Futebol Americano e atual destaque do baseball nos EUA, Tim Tebow falou recentemente sobre o lançamento de seu livro " Shaken: Discovering Your True Identity in the Midst of Life’s Storms" ("Abalado: Descobrindo a Verdadeira Identidade Entre as Tempestades da Vida").

Em entrevista à editora 'Bible Gateway', o atleta cristão explicou que o título foi inspirado em momentos que as pessoas vivem, entre 'altos e baixos'.

"A razão pela qual eu intitulei o livro assim, foi porque na vida você vai ter altos e baixos. Haverá grandes momentos vezes e também tempos difíceis", explicou.

Para exemplificar esta linha de raciocínio, Tebow lembrou de momentos de sua própria vida, comparando momentos de grande realização e também de grande dificuldade.

"Então, quem eu era quando ganhei o Troféu Heisman e quem eu era quando eu fui cortado três ou talvez quatro vezes [das minhas equipes] no futebol americano? Eu era o homem que elogiado pelos presidentes ou aquele que foi criticado e analisado pela maioria dos meios de comunicação? Então, quem era eu? Eu era aquele que estava no alto ou aquele que tinha todos esses pontos baixos?", se questionou.

O atleta afirmou que, independente dos bons e maus momentos de sua vida, sua real identidade não foi abalada, porque ele sabe que o que a define não é seu sucesso profissional, mas sim o seu relacionamento com Deus.

"Estou tão agradecido pelo meu relacionamento com Jesus Cristo e por ter sido adotado na família de Deus que eu não tenho de viver os altos e baixos e a esta montanha-russa da vida da mesma forma que outras pessoas. Eu sei onde a minha identidade está. Minha identidade é a de um filho de Deus e isso é algo que nunca será abalado", destacou.

"Nesses momentos de dúvida e até mesmo a escuridão, eu percebi que a minha identidade não tem nada a ver com vitórias ou derrotas, aplausos ou críticas negativas. Tem a ver com quem eu realmente sou. Sabendo disso, eu posso viver o que o antigo rei de Israel escreveu no Salmo 16:8: 'Sempre tenho o Senhor diante de mim. Com ele à minha direita, não serei abalado", lembrou.

Questionado sobre o momento no qual está compartilhando o seu testemunho por meio desse livro, Tebow explicou que sentiu-se tocado por Deus a encorajar as pessoas, para que elas não desanimem diante das adversidades.

"É algo que Deus colocou em meu coração. Eu tenho viajado pelo mundo nos últimos três ou quatro anos e vejo tantas pessoas que estão à procura de uma base firme. Elas estão à procura de identidade e eu sinto que este livro fala sobre identidade; sobre não se deixar abalar", afirmou.

"Ter uma base firme, sentindo-se um filho de Deus é algo pelo qual muitas pessoas anseiam, porque elas estão em busca de algo mais. Mas o que é isso? Bem, eu posso te dizer o que é: É um relacionamento com o Deus do universo, que te ama tanto. Isso é o que você está procurando. Isso é o que você está desejando e é disso que você precisa".

Tim Tebow participa de evento com portadores de Síndrome de Down. (Foto: Fundação Tim Tebow)


Fé e obras
O cristianismo de Tim Tebow não se manifesta apenas em suas palavras, mas também em suas ações. Atualmente, o atleta sustenta um projeto social que ajuda crianças com Síndrome de Down em todo o mundo.

Além disso, o jogador de baseball não deixa passar oportunidades de abençoar a vida de outras pessoas com suas orações.

Recentemente, o atleta estava em um avião (ainda em solo), nos Estados Unidos, quando um dos passageiros teve um mal súbito. Tebow correu para orar pelo homem e dar apoio à família. Sua atitude foi registrada por outro passageiro e a notícia ganhou as manchetes internacionais. O passageiro acabou não resistindo ao ataque do coração, mas o atleta acompanhou a família até o hospital e lhes deu todo apoio necessário.

Em outra oportunidade, Tebow orou por um torcedor que assistia ao seu jogo de baseball no estádio e acabou passando mal. Após a oração, o rapaz apresentou melhoras e o atleta cristão foi citado como o dono de uma "oração milagrosa". Apesar da grande repercussão na mídia, Tim destacou que o milagre não veio de suas mãos, mas sim do poder de Deus.


Legado

Apesar dos momentos difíceis em sua carreira, Tim Tebow ainda é tido por muitos jovens e fãs do esporte como um atleta bem sucedido nos Estados Unidos. Porém o legado que o atleta (e agora, autor) quer deixar para os jovens, adolescentes e fãs do esporte vai muito além dos frutos do sucesso em sua carreira. Ele quer que seu testemunho de vida se destaque mais que a sua própria fama, ainda que isso custe a "decepção" de alguns dos admiradores de sua carreira esportiva.

"Eu naturalmente gosto de agradar as pessoas. Eu quero deixar todo mundo feliz. Mas, ao mesmo tempo, a plenitude não está em deixar todo mundo feliz. O que é mais gratificante é se posicionar para defender algo que é certo. Agora, isso não significa que você vai ser perfeito. Nós vamos cair e vamos errar a cada dia, mas podemos pelo menos tentar representar algo", explicou.

Quando você se posiciona firmemente para algo em que você acredita, então você não será abalado por qualquer coisa ao seu redor. Para mim, o meu objetivo é conseguir influenciar o máximo de pessoas possível, de uma forma boa. Quero deixar um legado de algo maior do que eu, não simplesmente pela minha fama, por vencer jogos ou pelos meus touchdowns, mas pelo o que Jesus Cristo mudou em minha vida".

com informações Bible Gatway

Deixe sua opinião. Escreva um comentário.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE