Banner Topo Grande Teste

Pastor ex-gay conta seu testemunho: “Eu era uma criança normal até ser abusado”
26/05/2019 22:04 em Mundo Cristão

O pastor Robson Staines, 46 anos, é hoje uma das maiores vozes de uma minoria dentro de uma minoria: os ex-gays. Desacreditados e perseguidos por movimentos LGBTs, eles tentam provar que existem e que conseguiram deixar a prática homossexual.

A história de Robson com a homossexualidade começou quando ele tinha 11 anos, após ser vítima de um estupro. Um vizinho pulou o muro de sua casa após sua mãe sair para trabalhar e o estuprou.

“Comecei a ficar totalmente afeminado”, declarou ele em entrevista à Folha. As pessoas começaram a notar e dos 13 aos 21 anos ele praticou a homossexualidade. “Tive vários casos, me prostituí, me travesti. Eu me achava nojento para me envolver com alguma menina”.

A vida na prostituição era difícil e em um dia desespero, Robson tentou se matar misturando calmante com bebida alcoólica. Essa tentativa de suicídio o levou a se aproximar de Deus e assim ele passou a procurar ajuda espiritual e psicológica para mudar de vida.

“Com Deus e ajuda psicológica, estou totalmente livre da homossexualidade”, testemunha. Hoje Robson defende o direito de homossexuais insatisfeitos com a condição de serem atendidos por psicólogos para a chamada terapia de reversão.

Ele já esteve na Câmara dos Deputados em 2015 para contar sua história e defender que psicólogos possam abordar o tema nas sessões, o que é proibido pelo Conselho Federal de Psicologia.

Hoje Robson é casado, pai de quatro filhos e avô de uma menina. “Sou um homem muito feliz, muito bem casado”, declara.

Fonte: Gospel Prime

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE